segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Consultórios.

Cheguei a conclusão de que médicos fazem algum curso intensivo de como-fazer-seus-pacientes-esperarem-na-sala-de-espera. Aliás, acho até que metade da faculdade é dedicada a essa área. Seu horário é as 14:00h, você chega as 13:55h e é atendida ás 16:30h, isso se você tiver sorte e não chegar no "horário de pico". Não seria tão ruim se na sala de espera tivesse gente bonita, estilosa e legal, se tivesse passando Supernatural na TV e se tivesse ar condicionado. Mas não, pra piorar a situação a maioria das salas de espera são formadas por velhos,  bebês e gente fedida que não sabe o que "falar baixo" significa, sem contar que se tiver ventilador já é sorte, imagina ar condicionado. E adivinhem o que passa na TV? Xuxa e o mistério da Feiurinha, e a sua mãe ainda tem a audácia de virar pra você e falar: "olha lá o que tá passando na TV, que legal!" esperando que você faça uma cara do tipo caralho-meu-sonho-se-realizou. Mães não são legais em salas de espera, aliás, mães não são legais em nada, mas elas conseguem se superar nas salas de espera. Pior é quando elas começam a conversar com aquela famosa mulher-gorda-da-sala-de-espera e decidem te "apresentar" pra ela, aí você tem que dar o seu melhor sorriso, como se o fato de estar em uma sala de espera fedida e cheia de gente feia te agradasse. Outra figura essencial nas salas de espera é a velha-nojenta-reclamando-da-vida. Uns dias atrás eu acompanhei a minha mãe em um médico de varizes e tinha uma velha (se é que eu posso chama-la de velha, porque aquilo estava mais para múmia do que para qualquer outra coisa) que quando andava, o joelho dela se deslocava, ou seja, metade da perna ia pra um lado, enquanto a outra metade ia pro outro lado. Quando eu fui olhar pro pé dela, quase vomitei. Um pedaço do pé dela estava na carne viva, como se um cachorro tivesse mordido e arrancado fora. Já é ruim ir ao médico, esperar milénios pra conseguir fazer isso com uma múmia sentada do seu lado nem se fala. Aí você espera duas horas e meia por uma consulta de quinze minutos, onde a unica coisa que o médico faz é te dar um "remédinho pra passar a dor". Assim não dá, vou precisar reclamar pro Procon ou sei lá o quê. Talvez eu crie um Sindicato da Sala de Espera. Mas acho que até lá eu vou ser obrigada a respirar o mesmo ar que uma múmia (múmias respiram?), fazer o quê, é a vida (ou a morte, no caso da múmia).

@twotwok_

3 comentários:

  1. Vai ter gente neste sindicato hein, haha

    ResponderExcluir
  2. Em, tu mora em MT? Em qual cidade? Eu moro também..

    ResponderExcluir